Dirigido por David Twohy
Dirigido por David Twohy

Nove passageiros sobrevivem à queda da aeronave em um planeta desconhecido, mas a sorte deles dura pouco.

A história se passa no futuro, apesar de não fornecer uma data específica. Não é uma missão especial, é apenas um vôo comercial vindo de um planeta qualquer e retornando para a Terra, então pode-se dizer que este futuro é distante, mesmo que os personagens não usem roupas estranhas ou tenham um comportamento incompreensível. Uma viagem completamente normal e rotineira exceto pelo assassino capturado por um caçador de recompensas, que está sendo transportado junto com os outros quarenta passageiros. Riddick calcula suas chances de escapar enquanto todos dormem, em um sono que já se tornou comum entre os amantes de ficção científica, mas nem os instintos animais do assassino poderiam prever a chuva violenta de meteoros que facilitariam seus planos.
No seu primeiro papel de destaque no cinema, antes das pistas clandestinas de corrida, Vin Diesel brilha como o perigoso e imprevisível Richard Riddick, um criminoso cirurgicamente modificado para ser ainda mais eficaz quando mata. O sucesso foi tão grande, tanto de Diesel quanto do personagem, que Riddick voltou como o assunto principal em mais dois filmes e um desenho. O ator é carismático e mostra desde cedo que é muito mais versátil em apenas um papel, do que muitos astros de ação trabalhando por anos em filmes que fogem de suas zonas de conforto. Ele tem a ousadia de ser inclassificável em uma indústria que adora catalogar tudo.
Pitch_BlackA nave cai matando a maioria e libertando Riddick. No começo, o filme é completamente laranja, mostrando que um planeta banhado pela luz de três estrelas é tão quente quanto se imagina. Os sobreviventes precisam enterrar os mortos e procurar Riddick, mas o mais importante é encontrar água naquele vasto e interminável deserto. A economia nas locações não me incomoda, já que a paisagem transmite autenticidade e é usada de forma dinâmica. Fry, a piloto que restou da tripulação, está longe de ser santa mas é vista por todos como uma heroína. Ela lidera o grupo na busca por suprimentos e por um modo de sair daquele lugar nada promissor. Se não há vida, a salvação deles alí com certeza é temporária, mas por sorte eles encontram nas proximidades, os vestígios de uma moderna tentativa de colonização e outra nave que pode ajudá-los a voltar para casa.
Uma descoberta com ares de profecia é ignorada pelo grupo, quando a água chega milagrosamente para substituir o vinho, que havia sido descoberto no bagageiro da nave. Entre os muitos pertences abandonados pelos colonizadores às pressas (e isso já é um alerta), está um modelo do sistema solar local, que mostra que a cada vinte e dois anos um eclipse escurece todo o planeta por meses. Adivinhem em que época a nave caiu? Paralelamente, os passageiros continuam morrendo violentamente. Riddick é capturado, mas foge. É capturado de novo e foge novamente. Quando fica claro que ele não é o responsável pelas mortes, um novo tipo de desespero toma conta de todos. Morrendo de calor e de sede onde sol é o que não falta, a notícia da escuridão eminente deveria vir como uma bênção, até que outra descoberta os fará parar de brincar de polícia e ladrão e acelerar o processo de retirada do planeta.
Pitch-BlackImagine o filme Alien, mas ao invés de tê-lo na nave em pleno vôo, coloque os passageiros no planeta dele e mostre o quanto a família alienígena é grande. Os monstros parecem pterodáctilos famintos com uma peculiaridade: a sensibilidade à luz. Eles só enxergam no escuro, por isso um eclipse duradouro é tão assustador. Riddick possui a mesma habilidade e se torna o membro mais útil do grupo, apesar de não ser digno de confiança. Não que ele não possa conviver com outros humanos, como falsamente anunciou o caçador de recompensas, mas sendo o mais ágil matador e sabendo pilotar, é natural que os outros questionem a própria utilidade e desconfiem do ex-prisioneiro na pele de um salvador.
Na maioria das histórias do tipo, quando as pessoas tentam fugir de um determinado predador, qualquer conflito que atrapalhe os planos de fuga é irritante, mas aqui a hostilidade é válida porque não é só falta de camaradagem, é ódio e a idéia constante de abandonar quem é mais fraco para conseguir sobreviver. Se eles não correm, eles morrem. Quem consegue escapar, briga e trai. Quem já traiu e se arrependeu, tenta salvar e nenhum de nós respira depois que os planetas se alinham e o filme deixa de ser o laranja do dia, para virar o azul da noite. Eclipse Mortal é adrenalina do início ao fim e apavora até quem não tem medo do escuro.

Advertisements